FIRULAGERAL

Justiça determina prisão preventiva a suspeito de atirar 10 vezes contra vizinho no Oeste

Um homem preso em flagrante sob a acusação de ter assassinado seu vizinho com disparos de arma de fogo, no final da tarde da última terça-feira (16), participou nesta tarde de audiência de custódia na 1ª Vara Criminal da comarca de Chapecó, oportunidade em que teve sua prisão preventiva decretada pelo juiz Jeferson Osvaldo Vieira.

Desta forma, retornou ao Presídio Regional de Chapecó, onde responderá ao processo como preso provisório. O suspeito, com 50 anos, é deficiente auditivo. Uma intérprete da língua brasileira de sinais (Libras) auxiliou na audiência. Ele informou que é natural de Concórdia e reside em Chapecó há 14 anos. É casado e tem dois filhos. Trabalha na construção civil há nove anos, com carteira assinada.

De acordo com informações da Polícia Civil, o crime foi antecedido por uma discussão entre vítima e réu por volta de 18h30 da última terça-feira, no bairro Universitário, em Chapecó. A vítima estaria na calçada em frente de casa jogando bola com o filho de seis anos. O suspeito teria atirado 10 vezes contra a vítima. Cinco tiros acertaram a cabeça do ofendido, que morreu no local. O réu foi preso minutos depois do crime em casa, onde também foi apreendida a arma de fogo utilizada.

Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI – TJSC
Responsável: Ângelo Medeiros – Reg. Prof.: SC00445(JP)
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar