FIRULAPOSITIVA

Judiciário paranaense reduz em mais de 30% o consumo de copos plásticos

Campanha de sustentabilidade foi intensificada em maio deste ano e estima-se que 2,6 milhões de unidades de copos plásticos deixem de ser utilizados até o final de 2019

Com a intenção de evitar o desperdício e contribuir com o meio ambiente, o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) intensificou, em maio deste ano, a campanha que incentiva as práticas sustentáveis em todos os setores da Corte paranaense. Várias ações foram implementadas, dentre elas está a substituição dos copos plásticos por canecas ou copos de vidro. Estima-se que, até o final deste ano, aproximadamente, 2,6 milhões de unidades de copos plásticos de café e de água deixem de ser utilizados nos prédios da Justiça Estadual.

Um levantamento realizado pelo Departamento do Patrimônio do TJPR comparou o consumo desses materiais entre o ano de 2017 e a projeção para 2019: a expectativa é de uma diminuição de 27% no consumo de copos de café e de 33% nos copos para água.

Sustentabilidade e economia

Além do cuidado com o meio ambiente, a iniciativa dos servidores do TJPR foi responsável pela redução de gastos da Administração Pública com esses objetos. A diminuição do consumo de copos descartáveis deve se refletir em mais de R$ 50 mil de economia para o erário.

A iniciativa do TJPR está em conformidade com a Resolução 201/2015, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que vê a ação – já implantada em diversos tribunais brasileiros – como uma boa prática institucional.

Para pensar

Um copo descartável leva 400 anos para se decompor. Ou seja, depois de utilizado, muitas gerações passarão e o copo ainda existirá no planeta;

Ao pegarmos um copo descartável de um display a sua vida útil (tempo em que ele é utilizado) é de apenas 13 segundos. Logo após, ele irá direto para o lixo.

Fonte: https://www.meucopoeco.com.br/site/materia/5-motivos-para-nao-usar-copos-descartaveis

Confira os números

Fonte: TJPR

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar